Entre na sua conta

Nome utilizador *
Senha *
Lembrar-se

Criar uma conta

Os campos com asteristico (*) são obrigadórios.
Nome *
Nome utilizador *
Senha *
Verificar Senha *
Email *
Verificar email *
Captcha *
Reload Captcha

Gilberto Figueira

 

foi uma prova autêntica de que nem sempre o melhor jogador é aquele que marca mais golos…

 

O Atleta de andebol do 1º de Agosto, Manuel Nascimento vulgarmente conhecido por “Manucho” foi eleito o melhor jogador da partida de estreia da Seleção Angolana no Campeonato Africano das Nações que começou a ser disputado hoje 17/01/18 na Cidade Gabonesa de Libreville e vai decorrer até o próximo dia 27 de Janeiro de 2018.

 

A partida, foi uma prova autêntica de que nem sempre o melhor jogador é aquele que marca mais golos, neste jogo, Manucho marcou apenas dois golos, mas realizou várias assistências que permitiram maior produtivadade da nossa seleção na vitória por 29-16 aos Congoleses.

 

De realçar ainda que o 1º de Agosto encontra-se representado nesta competição com os seguintes jogadores: Giovani Muachissengue, Romé Hebo, Gabriel Teca, Elsemar dos Santos, Otiniel Pascola, Adilson Maneco, Cláudio Pedro, Feliciano Couveiro, Agnelo Quitongo, Aguinaldo Tati e tem como treinador, o técnico principal da equipa seniores masculina do 1ºde Agosto, Filipe Cruz.

 

Obrigado por visitar a nossa página e se manter informado.

 

 

 

foi uma prova autêntica de que nem sempre o melhor jogador é aquele que marca mais golos…

O Atleta de andebol do 1º de Agosto, Manuel Nascimento vulgarmente conhecido por “Manucho” o camisola nº 10 na imagem de arquivo acima, foi eleito o melhor jogador da partida de estreia da Seleção Angolana no Campeonato Africano das Nações que começou a ser disputado hoje 17/01/18 na Cidade Gabonesa de Libreville e vai decorrer até o próximo dia 27 de Janeiro de 2018.

A partida, foi uma prova autêntica de que nem sempre o melhor jogador é aquele que marca mais golos, neste jogo, Manucho marcou apenas dois golos, mas realizou várias assistências que permitiram maior produtivadade da nossa seleção na vitória por 29-16 aos Congoleses.

De realçar ainda que o 1º de Agosto encontra-se representado nesta competição com os seguintes jogadores: Giovani Muachissengue, Romé Hebo, Gabriel Teca, Elsemar dos Santos, Otiniel Pascoal, Adilson Maneco, Cláudio Pedro, Feliciano Couveiro, Agnelo Quitongo, Aguinaldo Tati e tem como treinador, o técnico principal da equipa seniores masculina do 1ºde Agosto, Filipe Cruz.

 Obrigado por visitar a nossa página e se manter informado.

 

 

 

 

 

Arquiteta atribuiu nota positiva a Piscina da Academia.

O Presidente de Direcção do 1ºde Agosto, General Carlos Hendrick, realizou na manhã de hoje uma visita surpresa a piscina da Academia do Clube Central das Forças Armadas Angolanas. O principal objectivo foi constatar de perto o andamento das obras de finalização que a mesma tem estado a receber.

A visita aconteceu quando nas primeiras horas de hoje,  o Dirigente realizava os seus habituais exercícios no relvado do “Estádio França N`dalu”, de maneiras a garantir e reforçar a sua manutenção física, apresentado de indumentária desportiva e muito simples, com a sua toalha ao ombro e com boa disposição que o caracteriza, circulava pelo local.

Na ocasião, aproveitou e conversou com os eletricistas e recebeu orientações detalhadas da Arquiteta do 1º de Agosto “Elizabete Caílo” que na ocasião, atribuiu nota positiva ao trabalho até agora realizado.

Estiveram presentes também, funcionárias administrativas da Academia, para confirmar o conforto dos atletas que residem no local.

Obrigado por visitar a nossa página e se manter bem informado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Eu lhe disse: Mister,se ele não jogar nada, podem me correr e ele ficar”

Na senda das várias reportagens emitidas pela Direcção de Comunicação e Imagem do 1ºde Agosto, por via das suas plataformas de comunicação, hoje descobrimos o jovem Marcos Ginga Cangulari ou simplesmente “Cangulari”, segundo o mesmo, ele é quem motivou e levou o internacional angolano “Gelson Dala” a começar a sua carreira enquanto futebolista no 1º de Agosto.

"Gelson é um amigo e irmão para mim, desde que atingiu a equipa principal de seniores do 1ºde Agosto, já me pagou a escola e viveu comigo"

De forma descontraída,“Cangulari” começou por revelar o percurso principiante daquele que hoje é sem dúvida, uma das principais referências do futebol nacional e que teve a sua formação desportiva no 1º de Agosto e hoje, é atleta do Sporting de Portugal ao serviço do Rio Ave; Cangulari, fez um recuou ao tempo e começou por dizer:

- Na época eu, comecei a treinar no 1º de Agosto em 2007, depois de algum tempo, sendo ele meu amigo e eu sabia que jogava muito bem lá na rua, decidi lhe puxar, eu disse-lhe, vamos ainda ver o meu treino aqui no Ndunguidi, ele veio comigo e ficou na bancada a assistir o treino. Ao final, expliquei ao Mister Filipe Nzanza, que o meu amigo que estava na bancada também joga muito bem!

Sorrindo e na brincadeira o Mister me disse: “se você que está aqui não joga nada como é vais trazer o teu amigo”, Eu lhe disse: Mister se ele não jogar nada, podem me correr e ele ficar. Então o Mister lhe deu a camisola, lhe pós a testar, apurou-se e depois lhe deram o termo de responsabilidade, foi a casa assinou e daí começou a frequentar o 1º de Agosto, entre os muitos sucessos, gostaria de dizer que hoje, Gelson é um amigo é irmão para mim, deste que atingiu a equipa principal de seniores do 1º de Agosto, já me pagou a escola, viveu comigo etc.

No seguimento da nossa conversa, revelou que o Gelson Dala, já na rua era o ponta que mais se destacava, dando-lhe algum trabalho, porque “Cangulari” era defesa central e Gelson avançado; adiantou também que em função do seu pouco talento, o Mister Filipe a princípio colocava em dúvida as qualidades daquele que hoje é a principal Perola do futebol angolano. Contrariando totalmente o adágio de que nem sempre o amigo de gatuno é gatuno, e neste caso: Nem sempre o amigo dos poucos talentosos, não são talentosos.

Por último, Cangulari, aproveitou para reforçar os votos de muito sucesso, na carreira profissional e pessoal do seu amigo Gelson Dala, que a qualquer momento poderá se estrear com a camisola do Clube Português, Rio Ave, os votos de sucesso ao jogador surgem também da Direcção do Clube Central das Forças Armadas Angolanas.

 

Obrigado por visitar a nossa página e se manter bem informado

 

 

 

 

 

 

 

 

“Digamos que é injúria, o 1º de Agosto disse e bem, pôr em causa o Patriotismo do 1º de Agosto não fica nada bem a Federação Angolana de Futebol”.

Os Comentadores desportivos do canal-1 da Televisão Pública de Angola, especificamente do programa “Desporto Total” exibido ontem segunda-feira 08/01/18 a partir das 21h00 no canal público, analisaram a participação da Seleção Nacional no CHAN-2018, bem como as ausências dos jogadores do 1ºde Agosto nesta prova, os especialistas nas suas abordagens minimizaram a situação e alguns deram nota positiva a postura do 1º de Agosto em função das acusações feitas pelo Dirigente da FAF.

O programa moderado pelo Jornalista Mateus Gonçalves, abordou no seu primeiro bloco de forma profunda esta situação, tendo em vista as acusações e a legítima reação da Direcção do 1ºde Agosto em Comunicado Oficial, respeitando a Lei do contraditório e direito de resposta conforme orienta a Lei de Imprensa da República de Angola, no seu Capítulo V, Artigo 64º.

O Jornalista Mateus Gonçalves, colocou a seguinte pergunta aos seus convidados:

 Nesta fase, é mais importante a participação da Seleção no CHAN ou a Participação do Petro e do 1º de Agosto nas Afrotaças?

Surgiram as seguintes reações:

“Era preciso boas conversações e diálogo de forma atempada”

 Luis Cazengue “Luisinho”: “…São coisas completamente normais, agora era preciso boas conversações e dialogo de forma atempada para que estes atropelos a ciência e também aquilo que é…as boas praticas recomendáveis”.

Conceição Gaspar: “Mesmo não tendo antes o contacto com o comunicado que o 1ºde Agosto faz, nós já tínhamos afirmado que as afirmações feitas pelo Vice-Presidente da FAF, Adão Costa, não eram oportunas, porque de facto feria a moral de uma agremiação como é o 1ºde Agosto e depois, logicamente quando tomo contacto com aquele comunicado, é um comunicado que foi muito bem elaborado, é claro que há pessoas que dizem que o 1º de Agosto devia se ter resguardado para um fórum próprio, não…se eu sou “achincalhado” na praça pública, eu tenho que no mínimo e de forma muito responsável explicar á Nação ao menos aos agentes desportivos o quê que aconteceu. E quando eu constato e nós dizíamos que:

 - A FAF não tem diálogo com os Clubes, afinal dialogaram, porque naquele comunicado diz que em novembro fizeram reuniões, não só uma, por isso é que eu digo: fizeram reuniões, esteve o Vice-Presidente da FAF e então pergunto: Por que carga de água é que faz aquelas afirmações? Será que não é responsável? Será que acordou-se alguma coisa que a Direcção do 1ºde Agosto não cumpriu? Pois fica esta dúvida. Mas o que é facto é que estamos diante de um caso que necessita de ser bem avaliado, é claro há vozes que dizem que o presidente da FAF não está presente, mas o que é facto é que alguma coisa deve ser feita”.

“Eu penso que realmente o 1ºde Agosto terá feito bem, tem que priorizar a sua competição e não pode se criticar até porque não é uma data FIFA”

José Cunha: Na verdade este diferendo ou esta desavença entre o 1ºde Agosto e a Federação não tem razão de ser, e oxalá que se resolva o mais depressa possível. Sobre tudo, porque o 1º de Agosto é o maior impulsionador do nosso desporto, tal como o Petro, a base principal do desporto angolano vem realmente justificar esta questão e aqui eu montei uma mínima dúvida, o mais importante para o futebol angolano é que o Petro e o 1ºde Agosto sigam mais longe possível, ou seja, chegar pelo menos na fase de grupo das competições africanas onde estão envolvidos, para que mais depressa possível os nossos Clubes possam voltar ao “ranking” que os possibilite entrar direitamente para a fase de grupos.

“Não há dúvida nenhuma que neste momento é mais importante o Petro e o 1º de Agosto chegarem a fase de grupos”

É claro que a representação nacional é sempre importante, mas vou lhes dar um exemplo acerca da importância que tem este CHAN, na última Gala para eleger o melhor atleta africano, foi eliminado o prémio para o melhor jogador africano a actuar nos campeonatos nacionais, porquê? Porque a CAF argumentou e muito bem, que o prémio principal é só um, o melhor jogador africano, não importa se está a jogar no Continente ou fora, isto prova bem que o CHAN é uma prova que tem o seu limite, a sua razão de ser e é benvinda para permitir que os jogadores que ficam em áfrica, possam ter experiência internacional. Mas não há dúvida nenhuma que neste momento é mais importante o Petro e o 1º de Agosto chegarem a fase de grupos.

“Mesmo se não tivesse esta situação o 1ºde Agosto teria dito que não quer que os seus atletas vão…e estariam no seu perfeito direito”

O que eu queria dizer é que independentemente desta concentração eu penso que realmente o 1ºde Agosto terá feito bem, tem que priorizar a sua competição e não pode se criticar até porque não é uma data FIFA, mesmo se não tivesse esta situação o 1ºde Agosto teria dito que não quer que os seus atletas vão e estariam no seu perfeito direito, por tanto eu espero bem que esta situação se possa resolver, mas eu quero dizer que aí provavelmente a Federação Angolana posta jeito nesta questão, digamos que é injúria o 1º de Agosto disse e bem, pôr em causa o Patriotismo do 1º de Agosto não fica nada bem a Federação Angolana de Futebol.

 “Eu acho que é mais importante nesta altura no futebol nacional a participação das equipas nas competições africanas, porque nós temos que ser claros, ninguém leva esta competição muito a sério”

João Armando: “Eu acho que é mais importante nesta altura no futebol nacional a participação das equipas nas competições africanas, porque nós temos que ser claros, ninguém leva esta competição muito a sério. Vamos nós, porque obviamente tentamos levar este CHAN a sério, porque a Federação não tem um plano, o ano não lhe correu bem e agora um brilharete no CHAN dá jeito, claro se acontecer. Mas, agora repare o que é a planificação da Federação, nós participamos em TOULON onde é que estão os jovens de TOULON?.. Nós participamos em COSAFA onde é que estão os jovens de COSAFA? Aqui já estava uma base de uma seleção, poderiam calmamente ir ao CHAN, mas a Federação não tem planos para depois destas competições ter mantido a seleção.

“Ninguém leva este CHAN muito a sério, o CHAN serve para lançar jogadores, nós nos preocupamos porque nós não temos resultados a outros níveis”

Porque isto era perfeitamente evitável, pois a outra coisa, vou dar um exemplo cá em África, a África do Sul, organizou em casa naquele que a gente não foi porque fomos eliminados por Moçambique, sabes o quê que fez a África do Sul?

-Chamou os clubes todos, nem parou o campeonato e disse: A gente quer um jogador de cada Clube e fizeram uma seleção e juntaram depois com os juniores para fazer os 23, isso é preciso dizer, ninguém leva este CHAN muito a sério, o CHAN serve para lançar jogadores, nós nos preocupamos porque nós não temos resultados a outros níveis.

Nós fomos a Taça COSAFA e não sabíamos e fomos nós e o Malawi, o que me parece é que todo este conflito é por falta de haver um plano da Federação, veja só:

-A Federação marca para o dia 4 de Fevereiro a Supertaça e leva a seguir na convocatória 16 jogadores dos dois Clubes que vão disputar a Supertaça. Que plano é este? a Supertaça não é uma competição digna da Federação? Que é marcada para um dia onde a principio já não vão participar 9 do 1º de Agosto e 6 ou 7 do Petro.

 Repare o que eu quero dizer:

- Isto é um pouco feito a empurrar com a barriga, porque se houvesse um plano, das duas uma ou outra havia obviamente, questões precisas se aquela Supertaça é a 4 de Fevereiro então o 1º de Agosto dava 1 ou 2 jogadores no máximo para aquele troféu ter dignidade ou então adiava-se a Supertaça uma vez que a grande aposta era levar o melhor que temos ao CHAN, quer dizer é um pouco esta falta de que leva que os clubes obviamente tenham remitência.

Durante a conversa os analistas emitiram várias opiniões sobre o caso, todas a favor da participação digna das equipas angolanas nas competições africanas.

Obrigado por visitar a nossa página e se manter bem informado

 

 

 

 Foto:  João Manuel

 

“Equipa médica acredita em estado clinico tranquilo dos jogadores”

Os atletas da nossa equipa principal de futebol realizaram na manhã de hoje 03/01/17 na Clinica “Luanda Medical Center” os testes médicos tendo em vistas as competições desportivas a enfrentar ao longo desta época, apesar de ainda  não revelarem os resultados definidos a equipa médica acredita em um estado clinico tranquilo dos jogadores do 1ºde Agosto que este ano vão enfrentar as diversas competições.

Acompanhados pelo médico da equipa, o “Dr. Virgílio” garante a importância dos exames, que vão definir o estado clinico dos jogadores e desta forma cada um poder contribuir para o sucesso do colectivo. Uma parte dos jogadores realizou os exames no período matinal, enquanto que a outra vai realizar no período da tarde os mesmos exames. 

É importante realçar que, exame médico é um termo utilizado para designar tanto o exame físico pelo médico quanto exames complementares ao diagnóstico que podem ser laboratoriais ou de imagem realizados por médicos.

 

 Obrigado por visitar a nossa página e aumentar os seus conhecimentos

 

 

02 de Janeiro 2018                                                                                                                                                   Foto: João Manuel

 “Além da motivação moral do Presidente, recebemos o estímulo financeiro e vamos continuar a trabalhar cada vez mais”.

Simão Manuel, o vencedor da 62ª edição da tradicional corrida da “São Silvestre” que aconteceu na província de Luanda no passado dia 31 de Dezembro de 2017, na companhia dos seus colegas de equipa que também participaram da prova, foram hoje recebidos pelo Presidente de Direção do 1º de Agosto, General Carlos Hendrick.  

 

“Direcção vai continuar a apostar no atletismo”

Na Presença de outros membros de Direcção, o Presidente do 1ºde Agosto não escondeu a sua satisfação pela conquista e boa participação dos atletas, reafirmando os votos de continuar a apostar na modalidade de atletismo, de maneiras que as conquistas não só nacionais como internacionais continuem a sorrir para o Clube Central das Forças Armadas Angolana.

De forma descontraída, os atletas tiveram a oportunidade de conversar e apresentarem as suas principais dificuldades para a Direcção do Clube, esta por sua vez anotou e garantiu soluciona-las para que os títulos continuem a chegar a Galeria do Clube Militar, sendo esta uma modalidade tradicional no 1º de Agosto. Para terminar, em forma de motivação, além do apoio moral…os atletas levaram consigo “Cheques” que vão ajudar a suprir algumas das suas principais necessidades.

 

Obrigado por visitar a nossa página e se manter bem informado.

 

 

 

 

 

 

 

 

28 de Dezembro de 2017                                                                                                                                                    Foto:

 

Em forma de resumo da primeira fase do campeonato nacional de basquetebol, o técnico principal da equipa seniores masculina do 1º de Agosto Paulo Macedo, durante uma entrevista concedida hoje exclusivamente ao “site” do Clube Central das Forças Armadas Angolanas, apesar de terminar da melhor forma esta fase do campeonato, mostra-se preocupado com número de atletas doentes e lesionados.

 

A nossa conversa aconteceu depois do treino realizado esta manhã, apesar de tudo, o treinador diz que o balanço foi positivo e espera contar com os jogadores lesionados e doentes o mais brevemente possível, realçando nomes como Eduardo Mingas, Leandro da Conceição, Jone Pedro, Emmanuel Quezada e Felizardo Ambrósio “Miller” que ainda se encontram limitados, mas tem a certeza que os jogadores vão recuperar e dar o seu contributo para o sucesso da equipa e consequentemente cumprir com todos objectivos traçados.

 

Por outro lado, Paulo Macedo, falou do desempenho de alguns jogadores dos escalões de juniores que conseguiram fazer um bom enquadramento, das vezes que  foram chamados para cobrir algumas ausências e conseguiram estar ao nível das exigências do 1ºde Agosto.

 

Obrigado por visitar a nossa página e se manter informado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

28 de Dezembro de 2017                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                  Foto:

 

 

O Poste da nossa equipa principal de basquetebol Felizardo Ambrósio também conhecido por “Miller” em entrevista concedida na manhã de hoje 28/12/17 para o nosso “site”, fez uma avaliação positiva dos trabalhos que estão a ser realizados no pavilhão professor Victorino Cunha, com a orientação técnica do treinador principal, Paulo Macedo.

 

De forma descontraída e resumida, “Miller” que se encontra em estado de recuperação satisfatória, destacou a entrega dos jogadores que juntaram-se esta época na agremiação rubro e negra, alegando que os mesmos treinam em bom ritmo e com motivação ao mais alto nível, sendo o único e principal objectivo a revalidação do título perdido na época passada.

 

Obrigado por visitar a nossa página e se manter informado

 

 

 

Please publish modules in offcanvas position.