Entre na sua conta

Nome utilizador *
Senha *
Lembrar-se

Criar uma conta

Os campos com asteristico (*) são obrigadórios.
Nome *
Nome utilizador *
Senha *
Verificar Senha *
Email *
Verificar email *
Captcha *
Reload Captcha

GABINETE DO PRESIDENTE

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A família D´Agosto tem motivos para olhar com orgulho e confiança o presente ter e esperança pra o futuro.

O crescimento desportivo do nosso glorioso Clube para além de ser aferido pelos resultados desportivos, em particular do futebol, é também de elementar justiça abordar os projectos que continuamos a dar corpo após a nossa reeleição para mais um mandato. Também é justo destacar o apoio da nossa grande e fiel massa associativa, que tem estado sempre presente neste percurso exigente, porém apaixonante e recompensador.

A nossa trajectória enquanto precursores do fomento e desenvolvimento do desporto nacional obriga-nos a olhar com orgulho para este ousado projecto que começou a 40 anos.

Hoje, o 1º de Agosto é um clube forte, ganhador e sempre ambicioso, reforçado em 2017 pelas conquistas, da supertaça (Março) e do 11º título de campeão nacional de futebol.

A culminar esta época meritória fomos distinguidos na 1ª “Gala de Futebol Palancas Negras” organizado em Dezembro pela Federação Angolana de Futebol, com os seguintes prémios:

* Melhor Clube do ano.

* Dirigente do ano ( merecemos esta honra na qualidade de Presidente da Instituição).

* Treinador do ano (Dragan Jovic).

* Melhor golo do ano (Bobó).

* Escola de formação do ano ( Academia 1º de Agosto)

Este é mais um momento marcante no âmbito do programa desportivo, já que voltamos a assumir o nosso verdadeiro lugar na modalidade rainha do País, compensando desta forma a ansiedade e angústia de uma geração de sócios e adeptos que sofreram durante vários anos devido a ausência de títulos nacionais no futebol.

Este factor funciona como uma espécie de catarse para o ego e a paixão clubística da massa associativa, técnicos e dirigentes, que sempre acreditam na vocação ganhadora da nossa Agremiação.

Nas outras modalidades as performances e títulos que vimos conquistando, são motivo de reconhecimento nacional e internacional, particularmente no nosso continente, sendo por mérito próprio considerado o Maior Clube Angolano, tendo em conta o nº de títulos conquistados, modalidades que movimenta, quantidade de praticantes nos vários escalões etários em ambos sexos, e número de sócios e adeptos em todo o País e no Exterior.

Os títulos conquistados, com destaque para a 3ª super taça Babacar Fall, taça das taças (Maio 2017- Marrocos) e tetra campeã Africana em andebol feminino (Outubro 2017- também em Marrocos) confirmaram a nova hegemonia continental nesta classe.

Outro momento marcante nesta época desportiva foi a conquista no mês de Novembro em Luanda do 3º titulo de campeã Africana de basquetebol feminino.

A nível nacional destacamos as conquistas dos Títulos Nacionais, de Andebol seniores femininos e masculinos (Junho 2017), voleibol também em ambos os sexos (Novembro).

Nas outras modalidades que conformam o Ecletismo do Clube realçamos a consagração do atletismo em ambos os sexos, Judo feminino, Tiro masculino, Xadrez e Judo.

Todas estas conquistas confirmam a pujança e tradição ganhadora do Clube; a todos o nosso muito obrigado pela entrega, dedicação, amor e fervor que demonstraram em defesa das cores e símbolos da Instituição.

O reconhecimento oficial do Clube, em "Diário da República" como Instituição de Utilidade Pública, foi marcante para os objectivos do Clube, já que se trata de um Instrumento Jurídico muito importante, que habilita o Clube a ter a titularidade do seu próprio património, ou seja ter bens de capital, que lhe possibilitam o acesso a financiamento para os diversos investimentos em curso.

A análise do estado de desenvolvimento das modalidades, das infra-estruturas e da administração do clube nos últimos anos, permitiu-nos elaborar um projecto prático, exequível e sustentável, pois a nossa génese e história recomenda-nos a não privilegiar o sucesso efémero, mas sim a consolidação de um crescimento sustentado que seja uma referência do desporto nacional.

Para o efeito é importante destacar as infra-estruturas erguidas, como os campos e áreas de apoio para o futebol de formação localizada na área dos Quartéis do Exército, nomeadamente os campos Daniel Ndunguidi e

Nicola Berardinelli, os campos de treino para o andebol e o internato 4 de Abril.

Na sede do Clube, situado no Rio Seco-Maianga foi construído o novo pavilhão Jean Jacques destinado ao basquetebol e voleibol, a piscina Nádia Cruz e o ginásio.

No âmbito das infra-estruturas não é demais recordar a existência e funcionamento de empreendimentos construídos para diversificar as fontes de rendimento do Clube, como os salões de eventos do antigo Clube dos Caçadores e Restaurante Piscina no nosso complexo desportivo do Miramar.

Temos também um ambicioso projecto turístico e hoteleiro, apresentado ao público e órgãos de comunicação, denominado "Marina General Rui de Matos" localizado na zona do embarcadouro à ilha paradisíaca do Mussulo.

Na área do antigo regimento de transmissões na Zona dos bairros Mártires de Kifangondo e Cassequel está a emergir a imponente Cidade Desportiva, em que destacamos:

O Internato Principal da Academia com capacidade para cerca de 150 atletas de diversas modalidades.

Início da construção do colégio destinado a formação académica dos jovens praticantes.

O pavilhão Multiusos Paulo Bunze, com lotação estimada de 3.000 espectadores encontra-se na fase final de execução, devendo ser inaugurado no 1º semestre de 2018.

O estádio de futebol General França Ndalu (para cerca de 20.000 lugares) é certamente a obra mais

emblemática, aguardada e desejada pela massa associativa, e que certamente orgulhará a Nação Agostina. Actualmente procede-se a construção das áreas de serviços adjacentes, assim como o segundo anel.

Cabe-nos informar que o recinto de jogos do estádio já possui relva natural, sendo algumas vezes utilizado para treinos da equipa principal.

Nas áreas envolventes aos internatos e pavilhão Multiusos, foram feitos arruamentos, jardinagem, plantação de árvores e iluminação dos espaços exteriores, que conferem ao local um ambiente atractivo, belo e harmonioso.

A primeira fase do projecto ficará completa com a construção da piscina olímpica, campos de ténis e o complexo residencial. As obras independentemente dos constrangimentos financeiros que o País experimenta, estão a obedecer em termos gerais ao plano previamente estabelecido pela Direcção.

Para rentabilizar a utilização dessas infra-estruturas, contratamos técnicos qualificados e com experiência comprovada em termos de organização administrativa e gestão de pessoal com o objectivo de a médio prazo apresentar atletas bem formados a nível desportivo, académico e humano.

Também não podemos deixar de referir a actualização permanente de métodos e modelos de gestão administrativa das distintas áreas, adaptando as capacidades intelectuais e técnicas do pessoal as exigências tecnológicas dos tempos modernos.

 

Para o efeito adoptamos um modelo de formação permanente, por via de cursos, seminários e conferências com o objectivo de conferir aos nossos gestores e treinadores capacidades de gestão e liderança de grupos.

A Filantropia e a solidariedade constituem um marco de identidade do Clube.

 

Estes actos e momentos serviram aos atletas, técnicos, funcionários e dirigentes partilhar com outras pessoas valores morais e humanos como o amor, a amizade, a generosidade e a fraternidade.

O projecto de angariamento de novos sócios em curso, visa aumentar os mais de 100 mil militares e trabalhadores civis do MINDEF e das Forças Armadas. Neste momento realiza-se a campanha de captação de sócios da Caixa de Segurança Social das FAA, enquadrado no amplo programa que visa atingir no mínimo 300 mil sócios efectivos.

Hoje em dia os fãs são uma parte muito importante para o sucesso das Instituições; neste âmbito algumas iniciativas têm sido dadas no sentido de aproximar e interagir com a nossa grande e apaixonada massa associativa, procurando envolvê-los em momentos de conquistas e êxitos do clube, nomeadamente presença aos jogos, reuniões, encontros e outros actos de promoção e exaltação do fervor Agostino.

 

Os nossos sócios devem ter uma identidade e orgulho próprios já que pertencem a maior massa de adeptos do País, devendo primar sempre pelo civismo, educação, bom comportamento “fair play” e exaltação dos valores, tradição e mística do Grande D´Agosto, dentro e fora dos recintos desportivos.

Porém dificilmente seremos bem sucedidos se não trabalharmos em equipa, partilhando ideias, iniciativas e projectos, pelo que é justo e inevitável agradecer em primeiro lugar o Chefe do EMG e Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Clube, General do Exército Geraldo Sachipengo Nunda, aos órgãos sociais, dirigentes, treinadores, atletas, funcionários e patrocinadores que contribuíram, e continuam a contribuir com o seu esforço e profissionalismo, para o crescimento e desenvolvimento do D'Agosto.

 

No ano de 2018, o Meu principal desejo é que todos possam melhorar as suas habilidades e desempenho pessoal e institucional, com a humildade e nobreza que nos caracterizam, para continuarmos a consolidar com rigor e sustentabilidade a orientação que nos foi dada aquando da fundação, que é o de tornar o 1º de Agosto o maior Clube de Angola e um dos melhores de África.

Finalmente reitero a todos, votos de muita saúde, estabilidade e harmonia a nível pessoal e familiar e sucesso nas vossas actividades profissionais.

 

 

D’AGOSTO FORÇA!!

D’AGOSTO SEMPRE!!

MUITO OBRIGADO

Carlos Hendrick

*** General ***

 

 

 

Please publish modules in offcanvas position.